Slideshow shadow

Sometimes I Wonder

May 4, 2014 in ART

Lembram que eu trouxe pra vocês uma resenha do livro Memórias de um amigo imaginário? Quem não lembra ou não leu,é só Clicar Aqui,o livro mostra o mundo pela visão do amigo imaginário de uma criança autista,e consequentemente a visão da própria criança.

Conversando sobre esse livro,lembre de uma sessão de fotos com a mesma temática, Sometimes I Wonder,  e resolvi trazer pra vocês,as fotos são do Timothy Archibald,que resolver mostrar seu filho Eli e a maneira como vê (e nesse caso mostra) seu próprio mundo

au-1

TimothyArchibald_Eli2

TimothyArchibald_Eli4

TimothyArchibald_Eli5

Read the rest of this entry →

Gostou? Compartilhe! ❤
Facebook Twitter Pinterest Tumblr

Child’s Own Studio

April 2, 2013 in DECOR, DESIGN

Já faz um tempo que venho guardando esse link nos meus favoritos,e hoje resolvi dividir com vocês.Não sei vocês mas eu sempre desenhei muito,agora imaginem que nossos desenhos pudessem virar bichinhos de pelúcia! Agora desce a pagina pois isso já esta acontecendo!

 A  artista canadense Wendy Tsao teve a ideia graças a seu filho que precisava levar um brinquedo para a escola.Com medo de que o brinquedo acabasse esquecido na escola,ela resolveu criar um brinquedo novo,e se inspirou no auto-retrato que seu filho havia feito… e assim surgiu o Child’s Own Studio

1

Read the rest of this entry →

Gostou? Compartilhe! ❤
Facebook Twitter Pinterest Tumblr

Memórias de um amigo imaginário

April 2, 2013 in BOOKS'N'MOVIES

“Isso é tudo que eu sei:

Meu nome é Budo

Faz cinco anos que eu existo

Cinco anos é muito para alguém como eu existir

Max colocou esse nome em mim

Max é o único ser humano que pode me ver

Os pais de Max me chamam de amigo imaginário

Eu adoro a professora do Max, a senhora Gosk.

Eu não gosto da outra professora do Max, a senhora Patterson.

Eu não sou Imaginário.”

Esse é um dos livros que me acharam atenção. Eu nunca tinha lido sobre ele, nem ouvido falar dele, mas o título me chamou atenção na livraria e resolvi comprar… e quando percebi, muita gente estava lendo! Como o próprio titulo mostra dessa vez vamos acompanhar a história da perspectiva da historia pela visão do Budo, isso me chamou muito a atenção pois sou apaixonado pela mansão Foster para amigos imaginários. Max é uma criança com Autismo e tem dificuldade para se relacionar com os outras pessoas, e tenta se adaptar ao mundo a sua maneira, enquanto o mundo tenta se adaptar a ele… Em certos momentos do livro podemos ver como é difícil não só para Max e Budo, mas para os pais de uma criança com autismo que acabam sofrendo de forma indireta oque o filho passa.

Read the rest of this entry →

Gostou? Compartilhe! ❤
Facebook Twitter Pinterest Tumblr